carlosdelfino gravatar image

Posted 2017-11-10 21:15:47 +0100

blogs->all

Configurando o Eclipse Oxygen para Desenvolvimento com nRF5x (Portuguese)

This tutorial aims to help Portuguese language beginners, like me, with the nRF5x family and who chose to use Eclipse as a development tool.

The tutorial will be very simple and we will use the Eclipse Oxygen and the GNU MCU Plugin, in addition to GCC 6.

There will also be separate tutorials for each step, in this will be the only configuration of Eclipse for use of the Tools and soon thereafter will create another showing how to create a project using one of the examples, and finally a third demonstrating how to create a project from scratch.


Este tutorial visa ajudar os iniciantes da língua portuguesa, como eu, com a família nRF5x e que escolheram usar o Eclipse como ferramenta de desenvolvimento.

O tutorial será muito simples e usaremos o Eclipse Oxygen e o GNU MCU Plugin (Antigo GNU ARM Eclipse Plugin), além do GCC 6.

Também haverão tutoriais separados para cada etapa, neste será a configuração apenas do Eclipse para uso das ferramentas necessárias e logo a seguir criarei outro mostrando como criar um projeto usando um dos exemplos, e finalmente um terceiro demonstrando como criar um projeto do zero.

Instalando o GCC para ARM

Para compilar seus Firmwares você irá precisar do GCC para ARM, a propria ARM está cuidando agora da versão mais indicada para uso com os microcontroladores da familia Cortex-M e Cortex-R, portanto vamos baixar do site da ARM o GCC e instala-lo conforme o padrão, portanto basta executar o instalador e seguir até o fim sem mudar nenhum parâmetro de instalação.

Escolha a ultima versão conforme seu Sistema Operacioal no link a seguir https://developer.arm.com/open-source/gnu-toolchain/gnu-rm/downloads

Faça a instalação sem alterar nenhum parâmetro ou diretório.

Agora vá a linha ao prompt de comando e digite arm-none-eabi-gcc --version e veja se o resultado se assemelha ao apresentado abaixo, a versão deve ser igual ou superior:

x:\nRF5_SDK\14.x.x\examples\peripheral\blinky\pca10028\s110\armgcc>arm-none-eabi-gcc --version 
arm-none-eabi-gcc (GNU Tools for ARM Embedded Processors 6-2017-q2-update) 6.3.1 20170620 (release) [ARM/embedded-6-branch revision 249437]
Copyright (C) 2016 Free Software Foundation, Inc.
This is free software; see the source for copying conditions.  There is NO
warranty; not even for MERCHANTABILITY or FITNESS FOR A PARTICULAR PURPOSE.

Em seguida digite no windows o comando where arm-none-eabi-gcc e certifique-se que em seu path haja apenas uma instalação e seja a que você acabou de fazer, caso contrário vá nas configurações do windows e remova as demais versões.

X:\nRF5_SDK\10.x.x\examples\peripheral\blinky\pca10028\s110\armgcc>where arm-none-eabi-gcc
C:\Program Files (x86)\GNU Tools ARM Embedded\6 2017-q2-update\bin\arm-none-eabi-gcc.exe

Ferramentas de apoio para compilação

No windows é preciso que seja instalado algumas ferramentas de apoio, e o autor do GNU ARM/MCU Plugin para Eclipse já nos presenteou com um instalador com todas que precisamos, para tanto, visite o link https://github.com/gnu-mcu-eclipse/windows-build-tools/releases e baixe a versão mais atual.

Faça a instalação padrão e certifique-se que não haja outras ferramentas similares no path, como o make, rm, ls, cp. para isso basta usar o comando where com cada uma delas no prompt de comando, por exemplo where make.

C:\nRF5_SDK\10.x.x\examples\peripheral\blinky\pca10028\s110\armgcc>where make
C:\Program Files\GNU MCU Eclipse\Build Tools\2.9-20170629-1013\bin\bin\make.exe

Instalando a ferramenta de auxilio para depuração (DEBUG)

jLink e OpenOCD são as ferramentas para auxiliar depuração e gravar Firmwares mais utilizadas no universo de microcontroladores, e par ao nRF não é diferente, porém para faciliar nossa vida é fornecido um pacote de ferramentas de linha de comando que na ultima versão já vem com o jLink, portanto você tendo a placa de testes do nRF5x você poderá facilmente usar estas ferramenta.

Basta visitar o link http://www.nordicsemi.com/eng/nordic/Products/nRF51822/nRF51-Tools/33444 e baixar a ultima versão.

A instalação é muito simples e basta ser feita seguindo os parâmetros padrões e depois certificando que o path da instalação se encontra no System Path, para isso basta entrar na linha de comando e digitar o comando where nrfjprog:

C:\Nordic\nRF5_SDK\10.x.x\examples\peripheral\blinky\pca10028\s110\armgcc>where nrfjprog
C:\Program Files (x86)\Nordic Semiconductor\nrf5x\bin\nrfjprog.exe

Veja que esta ferramenta é desenvolvida pela Nordic para facilitar nossa vida, assim ela foi criada apenas para uso com a linha nRF51 e nRF52.

Em outro post entrarei em detalhes de como usa-lo.

Instalando o Eclipse

Agora já podemos partir para instalação do Eclipse, que não tem segredo, vá ao site www.eclipse.org e baixe a versão Eclipse Oxygen CDT, é a versão mais indicada para uso com o GNU MCU Plugin, mas não vejo problemas em vc usar outro Eclipse Oxygen já instalado, eu por exemplo estou usando o Eclipse para Web e JavaScript e adicionei o plugin CDT e não tive problemas, já faço isso a algum tempo, usar diversas linguagens e plugins no mesmo eclipse e nas últimas versões está cada vez mais estável, e na versão Oxygen não identifiquei nenhuma dificuldade ainda.

Instalando o GNU MCU Plugin

Para instalar o GNU MCU Plugin também não há dificuldade alguma, apenas lembre-se de certificar que os diretórios onde se encontram os binários do GCC, Build Tools como explicado acima, estão corretamente no System Path do Windows..

Lembrando que este tutorial é para windows, mas aqueles que trabalham com o linux não terão dificuldade alguma em adaptar as explicações para sua versão de linux.

Você pode seguir as instruções disponíveis no site: https://gnu-mcu-eclipse.github.io, porém, para instalar de forma bem simples você vai ao menu do Eclipse, seleciona "Help" → "Eclipse Marketplace", pesquise por "GNU MCU Eclipse" e siga os passos padrões de instalação de plugin.

Para o nosso caso somente é necessário selecionar durante a instalação os seguintes recursos:

  • GNU ARM C/C++ Cross Compiler
  • GNU ARM C/C++ Packs
  • GNU ARM C/C++ J-link Debugging

Os demais são opcionais e podem ser evitados por hora.

Ao finalizar a instalação reinicialize o Eclipse, e logo em seguida vamos terminar a parametrização das ferramentas.

Parametrizando o Eclipse para uso do Plugin e GCC

Para finalizar esta etapa de nosso tutorial vamos finalizar a configuração do plugin e parametriza-lo para que tenhamos sucesso em usa-lo com o SDK do nRF5x.

Iremos seguir a ordem das opções presentes na árvore de configuração. Visite o seguinte o menu do Eclipse, selecione "Windows" → "Preferences", então selecione na arvore de configurações a esquerda, "MCU", e então selecione "Global ARM Toolchain Paths", procure o path onde foi instalado e o selecione transferindo para a caixa de texto, é bem provável que o caminho seja C:/Program Files (x86)/GNU Tools ARM Embedded/6 2017-q2-update/bin.

Agora faça o mesmo para "Global Build Tools Path", e pesquise o caminho transferindo para a caixa de texto, é bem provável também que tenha instalado em C:\Program Files\GNU MCU Eclipse\Build Tools\2.9-20170629-1013\bin\bin.

E finalmente configure o j-Link selecionando "Global SEGGER J-Link Paths", pesquise o caminho onde foi instalado, previamente C:/Program Files (x86)/SEGGER/JLink_V620b/ e transfira para a caixa de texto do path, e na caixa de texto do comando (Executable) digite JLinkGDBServerCL.exe

Como pode ver pelos nomes de grupos de parâmetros, é uma configuração Global, portanto sempre que abrir o Eclipse não importa o Workspace ou projeto, ele irá usar estas configurações. Caso queira fazer testes com outras versões de cada ferramenta, você pode criar um conjunto de configuração para cada workspace, e no projeto você também pode intervir em tais parâmetros para personalizar por projeto.

Ajustando parametros de compilação e indexão

O Ajuste de parâmetros de compilação e indexação é feito por projeto, portanto aguarde o próximo tutorial onde mostrarei como usar um dos exemplos do SDK e parametriza-lo corretamente.

Conclusão

Como podem ver a configuração é bem simples, não há praticamente segredo algum. No próximo tutorial irei demonstrar os macetes para se criar o primeiro projeto no Eclipse usando um dos exemplos presentes no SDK.

Este tutorial foi inspirado no aprendizado obtido com o tutorial escrito por Vitar Berg, funcionário da Nordic: https://devzone.nordicsemi.com/tutorials/7/

Próximos Tutoriais

2 comments

endnode gravatar image

Posted Nov. 10, 2017, 9:38 p.m.

(at least some executive summary in English, please?)

carlosdelfino gravatar image

Posted Nov. 10, 2017, 10:48 p.m.

Sorry, done.

Sign in to comment.

User menu

    or sign up

Recent questions

Related posts by tag